Junzuki no tsukkomi

Técnica
  • Alcance LONGO! Não se esquecer
  • Calcanhar do pé de trás gira 90 graus (o giro de fato ocorre no meio do pé)
  • Ao andar para frente, envergue o tornozelo levemente. Sensei Nash me ensinou um exercício onde envergamos o tornozelo e saímos andando. Esta envergadura gera o momentum para o movimento, como se você estivesse andando normalmente
  • Pés:
    • Pé da frente: reto
    • Pé de trás em 90 graus; o calcanhar começa polegadas de distância da linha do pé da frente
Exercícios para aprimorar

Exercício com três passos:

  1. Ande para frente até que seus pés estejam juntos
  2. Mova o pé um pouco para frente, lembrando de manter os dois pés retos e com a postura correta
  3. Quando mover para frente, desenvergar a perna traseira, enviando energia para o braço; endireite os pés ao mesmo tempo
O que eu geralmente faço errado
  • Alcance longo; busque o golpe lá longe!
  • Não levante o calcanhar traseiro
  • Na passada, você tem que ser GORDO, espaçoso, para terminar com a perna de trás no lugar correto
  • Na passada, concentre o pé de apoio com o peso no meio do pé, nunca na ponta. Se me concentrar no meio, o pé vai girar da forma correta (no meio do pé, não no calcanhar). Outra forma de pensar nisso é concentrando o giro da perna de trás na ponta de cima do quadril – não pense na ponta do pé
  • Contrua o “frame”: tire a folga do corpo, em especial da perna da frente e do braço de trás (pernas e braços opostos)
  • Quando andar com junkuzi no tsukkomi, dobre levemente o tornozelo da perna da frente para construir momentum. Isso ajuda a tornar o movimento mais correto e evita que eu perca o equilíbrio

Junzuki

Técnica
  • Corpo reto ao andar
  • Não levante o calcanhar de trás ao andar
  • O soco sai apenas ao desenvergar a perna de trás

Para uma técnica mais apurada:

  • Seu joelho não se meche para os lados (para dentro, nem para fora) – em especial o pé de trás
  • Pense em um prego no meio do pé, prendendo o pé que fica atrás no chão. O meio do pé é o que gira, não deve-se levantar o calcanhar nem a ponta do pé. Imagine um prego bem no meio do pé
Exercícios para aprimorar

Exercício de quatro passos:

  • Ande metade do caminho
  • Mova o pé um pouco para frente e lembre-se de manter a espinha reta
  • Quando fizer isso, lembre-se de colocar o peso na perna de trás e sentir plantando o pé no chão
  • Ande para frente, desenvergue e solte o soco

Outro exercício em três etapas:

  • Envergar a perna da frente e puxando o soco – não se concentre na mão que está dando o soco, isso vai acontecer naturalmente
  • Desenvergar a perna de trás e soltando o soco
  • Repetir os dois exercícios ao mesmo tempo, sem se concentrar muito nas mãos. O soco vai sair rápido e com força se fizer o exercício de envergar-desenvergar corretamente

Isto se aplica para TODO o kihon

  • Junzuki pensando em não mexer os joelhos para os lados (dentro e fora)
  • Pense no prego bem no meio do seu pé
O que eu geralmente faço errado, ou o que eu preciso corrigir
  • Calcanhar levantando
  • Tempo do soco saindo diferente do momento de desenvergar da perna
  • Remover toda a folga do corpo (“estica o elástico”). Ao fazer o junzuki, lembre-se do exercício para “criar um quadro (frame) para estabilidade”. Porque você tem um quadro, a estrutura se mantém durante o exercício.
  • Lembre-se do exercício onde você está na postura de junzuki e o Sensei está tentando te empurrar para o lado; sem o quadro (frame), você cai na hora. Com o quadro (frame), seu corpo envia a energia para sua perna para frente e para o chão